quarta-feira, 27 de junho de 2018

Rota dos Escravos encanta ciclistas no Mirahy Cycle Tour


Com fortes subidas e a opção pelo trajeto Super Elite, ciclistas fizeram muita 
força para percorrer os caminhos da segunda edição do Mirahy Cycle Tour.
Foto: Romeu Campos


Ciclistas percorreram um pequeno trecho urbano, 
enchendo as ruas de cores em movimento.
Foto: Romeu Campos

A cidade de Miraí, no dia 24 de junho, recebeu centenas de ciclistas para um evento mais intimista, pelas estradas do município. Dessa vez, com recepção num clube, os participantes desfrutaram de café da manhã enquanto se preparavam para percorrer 3 trajetos propostos pela organização.
Algumas pessoas tiveram dúvidas quanto ao nome de cada trajeto, pois indagaram a falta do "Iniciante". De acordo com a organização, a cidade e suas condições de relevo, com grandes variações altimétricas, não tem possibilidade de possuir um trajeto para iniciantes. O trajeto intermediário, em nenhum momento, fez papel de iniciante, fazendo jus aos trajetos intermediários de eventos similares. Além do trajeto Elite, para esse ano a novidade foi a inserção do trajeto Super Elite, com 58km e mais de 2000m acumulados de subidas (em aplicativo).
Cada ano o evento leva os participantes para percorrerem uma história diferente. A primeira versão foi "Fazendas Centenárias de Miraí" e esse ano foi "Rota dos Escravos". Com forte conexão de fazendas de produção, desde a época da escravidão, a cidade também possui histórias de libertação e apoio à abolição, onde até mesmo com criação de distrito a partir de quilombos estabelecidos em áreas cedidas pelos próprios fazendeiros. O trajeto Super Elite levou os participantes a diversas fazendas que possuem essas conexões, entrando em estradas de servidão e também em alguns trechos de trilhas.
Após o primeiro ponto de apoio, todos os participantes já se depararam com fortes subidas. Os intermediários subiram a Ventania em direção a Dores. Já os ciclistas da Elite e Super Elite tiveram que encarar a "subida da Pipoca", que continha o trecho de segmento premiado do evento. A subida íngreme e extensa nocauteou diversos participantes, que pediram apoio ao veículo vassoura.

 Carro vassoura chegou a ficar lotado na Subida da Pipoca.
Foto: Romeu Campos

Quando concluíram seus desafios, foram recebidos com farto almoço, ao som de voz e violão, enquanto ainda participaram de sorteio de uma bike MTB e brindes diversos.
Os grupos organizadores, Pedal Rosa e Pedal Miraí, responsáveis por toda a movimentação, possuem surpresas a serem desvendadas pelos amantes do MTB. Anunciam novidades, sem ainda declararem os projetos que virão. 
O evento contou com apoio total da Prefeitura de Miraí, Polícia Militar, Grupo Bauminas e Fortuce Embalagens, entre outros apoiadores.



Trilhas na crista das montanhas ofertaram desafio e belas visões da região.
Foto: Romeu Campos

 

terça-feira, 5 de junho de 2018

6º Encontro de MTB em Alto Caparaó promete surpresas





Já foi dada a largada para mais um Mountain Bike Alto Caparaó - Turismo & Natureza. A sexta edição, que acontece nos dias 13 e 14 de outubro, já está recheada de ótimas surpresas, que vão desde novos trajetos, com mais emoção, belezas naturais incríveis, palestras e serviços gratuitos para quem for participar ou prestigiar o evento.



Para quem nunca ouviu falar do Mountain Bike Alto Caparaó – Turismo & Natureza, não tem ideia do que está perdendo. A cidade, sede do evento, possui natureza exuberante, cheia de cachoeiras e cânions. E como se não bastasse, é bem ali que estão localizados o Parque Nacional do Caparaó e o Pico da Bandeira, com 2.892 metros de altura, ponto mais alto de Minas Gerais e o terceiro do Brasil. Por tudo isso, Alto Caparaó é considerada o paraíso do mountain bike.



De acordo com Eudson Emerich, um dos organizadores do evento, a expectativa é bater recorde de público na sexta edição. “Em 2017 nosso evento reuniu cerca de 4mil pessoas, com 300 bikes participantes. Nossas projeções mais tímidas apontam para um número superior a 500 atletas e mais 5mil pessoas presentes”.



Ainda segundo Eudson, o evento busca, a cada edição, incentivar a prática do MTB no município e no estado mineiro, aumentando o número de adeptos ao ciclismo de montanha. Além disso, oferecer a quem estiver presente um evento de segurança, com troca de informações e de experiências.



No dia 13 acontecem a recepção dos atletas, distribuição de kits e instruções para os percursos. Além disso estão programadas palestras, stands de parceiros do evento e shows de abertura. Já no dia 14 estão programadas a largada para as três modalidades (iniciante, intermediária e elite), a entrega das medalhas de participação, almoço de confraternização, sorteio de brindes e a festa de encerramento.



O evento já possui apoio da Prefeitura Municipal e de empresários parceiros de toda a região. O Mountain Bike Alto Caparaó - Turismo & Natureza acontecerá nas instalações da Pousada do Bezerra, infraestrutura adequada para o recebimento e acolhimento dos atletas e do público em geral.


Em breve os interessados em participar poderão fazer as suas inscrições para o 6º Mountain Bike Alto Caparaó – Turismo & Natureza. Enquanto isso, já podem dar uma conferida nas informações sobre o evento pelo endereço: www.picodabandeiramtb.com.br.