segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Guiricema faz festa no melhor estilo do Mountain Bike

O sol forte apimentou ainda mais o trajeto que agradou os participantes da segunda edição do evento que mostrou simplicidade e conceito de cicloturismo na medida certa.


As montanhas de Guiricema desafiaram os participantes do Bike Ride, tanto para subir, quanto para descer.

Guiricema é uma cidade da Zona da Mata Mineira com pouco mais de 9 mil habitantes, com vocação comercial voltada à pecuária e agricultura familiar, cercada de montanhas perfeitas para a prática de esportes a céu aberto. Nessas condições de serras, o Mountain Bike (MTB) se encaixa perfeitamente, mostrando que qualquer condição é a ideal para a diversão em duas rodas.
Pela segunda vez, o grupo Pedal Guiricema organiza um evento para o encontro de ciclistas do MTB, produzindo um ambiente familiar no clube Indaiá, regado a café da manhã, almoço, sorteio de brindes e banda ao vivo. Os ciclistas receberam um atendimento diferenciado, contando com todo o suporte para que a única preocupação fosse a diversão.
Uma área de lojistas ajudou a salvar aqueles ciclistas que precisavam de fazer uma compra de emergência. Um espaço exclusivo para as crianças garantiu o sossego dos pais pedalantes. Contando com a estrutura do clube para deixar a criançada brincando, a aventura dos pais se desenrolava pelas lindas trilhas da região.
No momento da confirmação das inscrições, os ciclistas doaram alimentos, que serão destinados ao CRAS, seguindo critérios do grupo, para a distribuição. Da mesma maneira, o lucro do evento será destinado ao apoio de famílias conectadas ao projeto da instituição.
Os participantes foram contemplados com um kit que continha produtos esportivos, como camisa, placa de bike, garrafinha e eletrolítico, mas ganharam, também, uma recordação local como um pequeno pacote de preparado para tapioca.
O evento atraiu ciclistas da região e até mesmo de outro estado, como Rio de Janeiro, de cidades como Rio das Ostras e Macaé. Luís Otávio, ciclista de Macaé, foi contemplado com o troféu de “Maior Distância Percorrida para participar do Evento” e comenta: “fiz questão de viajar 300 km para participar do evento, pois os organizadores, que são pessoas maravilhosas, me cativaram desde o convite. Foi, também, uma oportunidade de estudar a eficácia do lubrificante de transmissão de bikes que fabricaremos aqui em Minas. A estrutura ficou à altura de eventos profissionais, com muitos pontos de apoio, envolvimento da Polícia Militar, ambulâncias que se posicionaram até mesmo em partes de trilhas. O almoço foi maravilhoso e o clube comportou todos os ciclistas com o devido conforto. Foi um dos trajetos de 50 km mais completos que realizei em eventos, dignos de Elite, com subidas de aclividades medianas, e uma única longa. Excelente para um bom treino de domingo. Muito criteriosa a escolha”.

Luis Otávio de Macaé, exibindo seu troféu por ser o ciclista que de mais longe se deslocou para participar do evento.

Trajeto
Foram selecionados percursos de 33 km e de 55 km para nível intermediário e elite, respectivamente.
No percurso menor, os participantes iniciantes, ou até mesmo aqueles que queriam executar o traçado em um tempo menor, encontraram um caminho quase totalmente plano, andando por estradas na baixada da região. De qualquer maneira, não faltou uma pitada de aventura quando o trajeto adentrou em alguns single tracks, que são as conhecidas trilhas de boi.
 Já o percurso elite reservou um desafio de uma subida de 200 m de desnível em apenas 1,7km de trecho, formando uma verdadeira parede que os ciclistas tiveram que enfrentar sob um sol forte. Um apoio com água e frutas posicionado numa área de sombra, no fim da subida,  transformou-se num oásis para os ciclistas.
No percurso maior foram inseridas algumas trilhas passando por descidas técnicas que deram uma adrenalina a mais nos participantes.

Descidas técnicas adrenalizaram os participantes do percurso elite.

A formatação do trajeto permitiu que os ciclistas conhecessem pontos importantes do município, como vistas belíssimas das cadeias de montanha do alto da serra, igrejas históricas como a da própria cidade, da Santa Montanha que era vista mais ao longe, Vilas Boas e de Dom Silvério, tendo pontos de apoio em frente as duas últimas, onde todos se refrescavam com água gelada e alguns fotografavam as igrejas.

Igreja histórica de Vilas Boas, distrito de Guiricema.

“Nossa proposta desde o início era ofertar um circuito onde fosse possível unir aventura e cultura, mostrando um pouco das trilhas que sempre executamos, além dos pontos turísticos da nossa cidade, uma vez que a grande maioria de participantes são pessoas que são de outros municípios”, comentou Wagner Toledo, um dos integrantes do grupo organizador.

Final da subida da serra revelou a cadeia de montanhas aos ciclistas, numa bela paisagem de fundo

Sustentabilidade
Um dos integrantes do grupo Pedal Guiricema, responsável pelo evento, aproveitou o encontro para expor uma novidade: uma Mountain Bike elétrica que é recarregada com o uso de energia solar.
O sistema de painel e controladores é montado numa carretinha que também pode ser conectada à bike e levada pra outro local, conforme a necessidade do ciclista.
A proposta é ter uma e-MTB que incentive pessoas com redução de mobilidade corporal a praticar o ciclismo, motivando e promovendo a integração pelo esporte.  A bike, com o sistema de pedalada assistida por motor elétrico frontal, tem o mesmo comportamento das demais MTB’s.

Energia limpa e gratuita para recarregar uma e-MTB.

Carlos Cavalari, inventor da bike experimental e morador de Guiricema quer chamar a atenção para a sustentabilidade com a geração própria de energia, de forma limpa sem gerar resíduos, sabendo que hoje necessita-se de energia elétrica para se viver e conviver, seja na comunicação, iluminação entre outras demandas. O mesmo ressalta que é importante produzir energia limpa sem poluir o meio ambiente. “A tecnologia fotovoltaica está aí e a fonte de energia é gratuita” conclui o entrevistado.
O ciclismo já tem um forte apelo à conscientização ambiental e esse projeto mostrou a grande capacidade de sustentabilidade e inclusão, sendo realizado em um pequeno município, quebrando tabus de que altas tecnologias são incubadas apenas nos grandes centros urbanos.

Carlos mostra o controlador e enfatiza que a energia pode ter outros usos, como recarregar celular, baterias e até mesmo iluminação, de forma barata.

Produção
O evento Guiricema Bike Ride tem organização através do grupo Pedal Guiricema, contando sempre com patrocinadores e apoiadores locais. Destaque para o apoio da prefeitura, da Polícia Militar que realizou um trabalho de fechamento de vias e do SAMU que montou um posto de atendimento emergencial para suprir qualquer demanda dos visitantes e participantes.
De acordo com a organização, haverá novidades para a edição de 2017 e o contato com o grupo poderá ser feito através do site: http://grupopedalguiricema.com.br/

Área para crianças alegrou os pequenos visitantes do evento. 
__________________________

Texto e fotos: Eduardo Almeida

Um comentário: